EU ESTOU AQUI

EU ESTOU AQUI

Parece mesmo. Que não vai passar, e é tão denso. Confunde e chega a contornar um discurso de impossibilidades: já fiz o que estava a meu alcance, não suporto mais. Parece dor que não acaba, angústia, falta de ar, desgosto por coisas que antes eram tão leves, tão bonitas. Só parece. Não é. O mergulho no caos da ansiedade e da tristeza não é ausência de Deus, nunca será. Pelo contrário, Ele está exatamente aqui, agora, esperando a leitura desse texto acabar para dizer: viu? Que eu te amo tanto. Esse era o detalhe que você queria para acreditar? Nessa turbulência, ficou difícil de me ouvir com clareza? Talvez a espera por uma grande solução retirou o olhar das pequenas coisas. Revoluções acontecem a partir de uma minúscula intenção de amor. Parece que o sofrimento não acaba, eu sei. Eu sei! Somos um, lembra? Mas olha com profundidade, encara a grandeza do teu silêncio, abraça a inquietação sem medo. Eu estou aqui.