Textos

Textos

AMANHÃ

AMANHÃ

A gente vai dormir sem saber o que será. Na rotina, o amanhã aparece como uma ideia quase pronta, um repertório de compromissos feitos com o tédio ou a inspiração. A gente vai dormir sem imaginar que, em uma fração de segundos, tudo pode mudar, dissolver, deixar de existir. Perder importância ou tornar-se sentido verdadeiro. 

Continuar lendo
EM DEUS, MEU SALVADOR

EM DEUS, MEU SALVADOR

Desejo que o mundo possa um dia encontrar aquilo que não consigo dar nome. A experiência de amor nunca caberá em uma explicação intelectual ou meramente demonstrativa. Dói muito saber que a resposta certa existe e não é buscada. Dói muito ver o outro se afundar na angústia e não abrir mão de convicções vazias. 

Continuar lendo
EM TUDO, AMAR E SERVIR

EM TUDO, AMAR E SERVIR

Papai do céu não existe. Você talvez tenha pensado um dia quando viu algo ruim acontecer. Vovô morreu, o cachorro fugiu, mamãe viajou, o presente não veio, o mundo é mau, meu irmão não gosta de mim. A impressão é única: precisamos de um Deus mágico, herói de todas as causas impossíveis, capaz de exaltar os humildes, no caso, nós. No caso, eu. Deus que me serve, sacia, embriaga. Deus que só é Deus se me der sinais. "Se o Senhor existe mesmo, que essa luz pisque duas vezes agora". 

Continuar lendo
EU ESTOU AQUI

EU ESTOU AQUI

Parece mesmo. Que não vai passar, e é tão denso. Confunde e chega a contornar um discurso de impossibilidades: já fiz o que estava a meu alcance, não suporto mais. Parece dor que não acaba, angústia, falta de ar, desgosto por coisas que antes eram tão leves, tão bonitas. 

Continuar lendo
EVAPORA

EVAPORA

Há uma nuvem. Que nos fala sobre leveza e densidade de uma só vez. Figuras se dissolvem e renovam formatos diferentes, mas a natureza permanece a mesma. Vem de Deus, para Deus. Nuvem que comunga o alto com outras nuvens e faz pensar: não seria uma só?

Continuar lendo
O OUTRO, SEMPRE O OUTRO

O OUTRO, SEMPRE O OUTRO

Alguém diz: fecha os olhos, baixa um pouco a tua cabeça. Uma risadinha interna faz a gente ironizar, questionando se todo momento de oração realmente precisa seguir essa sequência tosca. Levanta os braços, agora põe a mão no teu coração. Amém? Uma outra risadinha interna provoca: é, o pessoal da Igreja parece não ter criatividade. Interessante a crítica que surge em nosso coração. 

Continuar lendo
O QUE ESTÁ POR TRÁS DA CRUZ?

O QUE ESTÁ POR TRÁS DA CRUZ?

Entre a idolatria e a redenção, mil caminhos. Repete-se exaustivamente, o que está por trás da cruz? Inquieta, polemiza, incomoda. Faz pensar: se é mistério, porque tão escancarado? Desnudo. Se é profundo, porque tão estético e decorativo? 

Continuar lendo
SOBRE PERDOAR

SOBRE PERDOAR

Um dia alguém disse: o perdão é só uma invenção dos cristãos. Uma forma ocidental deles conseguirem encarar a angústia natural dessa vida. Interessante imaginar como alguém consegue combater a ideia de perdão, apenas estruturando um argumento com aparência de pertinente. Talvez por não suportar a visão de si mesmo em um lugar de "fraqueza". Afinal, perdoar também é se expor. 

Continuar lendo
UM SÓ

UM SÓ

Cada um tem sua cruz, é verdade. Projetos interrompidos, família desestruturada, relacionamentos abusivos. Aperta de modo muito particular, a gente sabe. Falta de discernimento vocacional, questões políticas desgastantes, impaciência com o próximo. As cruzes, muitas vezes, se acumulam. Inconstância na vida de oração, lembranças angustiantes relacionadas à afetividade e sexualidade, sensação de ser incapaz de perdoar. São tantas. 

Continuar lendo
VOCÊ É LIVRE

VOCÊ É LIVRE

Satisfação é algo que não deve ser dado a ninguém, nem mesmo a quem se ama. A quem se ama se dá amor. Troque suas explicações confusas acerca de si por algo que realmente valha a pena. Nenhum argumento convence mais do que a própria vida.

Continuar lendo
Exibindo de 1 a 10 do total de 13 (2 páginas)